Por iniciativa do Governo do Reino Unido, através do Prosperity Fund e em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - Ibama, Agência Nacional do Petróleo - ANP e o APL - Polo Naval e de Energia de Rio Grande, a HEX foi contratada para desenvolver o Sistema de Informações sobre Incidentes de Poluição por Óleo nas Águas sob Jurisdição Nacional – SISNOLEO.

Ação

Este projeto inédito tem como objetivo principal criar um algoritmo para automatizar a detecção de manchas de óleo no mar por meio do processamento de imagens de radar do Sentinel-1: satélite que faz parte do programa Copernicus da Agência Espacial Europeia (ESA) e foi construído para auxiliar o monitoramento ambiental da Terra.

Sabendo disto, o sistema desenvolvido pela HEX contempla três etapas distintas:

  1. Aquisição: seleção de áreas de interesse e execução de rotinas de download automático de imagens;
  2. Classificação: classificação das imagens de acordo com a probabilidade de apresentarem manchas escuras;
  3. Detecção: processamento e armazenamento de imagens para validação e geração de relatórios.

Resultado

O SISNOLEO será capaz de acompanhar os acidentes e incidentes de derramamento de óleo do mar, auxiliando as equipes de apoio a tomar medidas rápidas para minimizar os impactos disso no meio ambiente. Fazendo o uso da tecnologia Machine Learning, que aprimora automaticamente as técnicas para identificar manchas de óleo nas cenas das imagens de satélites, o sistema significará um avanço da aplicação das Geotecnologias no auxílio ao monitoramento ambiental em nível mundial, contribuindo para a preservação do meio ambiente em todo o planeta.

Saiba mais sobre a HEX com nossos consultores. Entre em contato agora mesmo.